Esportes

Exposição “A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958” entra na reta final de visitação no Museu do Futebol

Juan Guerra

Sucesso de público, mostra do Museu do Futebol conta história do primeiro título mundial conquistado pelo país e está em cartaz até 09 de setembro deste ano

Se você ainda não visitou a exposição temporária “A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958”, é bom aproveitar os próximos dias. Sucesso de público, a mostra do Museu do Futebol, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, está em cartaz até o dia 09 de setembro.

Desde que a exposição foi inaugurada, no início de junho, o Museu do Futebol recebeu mais de 90 mil pessoas. Esse público pôde conferir um material audiovisual e interativo no clima da Copa de 1958 e das transformações que ela trouxe ao futebol e ao país.

Registros da concentração da seleção em Poços de Caldas (MG) feitos pelo fotojornalista Antonio Lúcio, cenas das partidas e do cotidiano brasileiro e depoimentos de cinco campeões mundiais (Nilton Santos, Bellini, Joel, Didi e Vavá), décadas depois do ocorrido, dão o tom da narrativa. As entrevistas foram retiradas do material dos cineastas João Moreira Salles e Arthur Fontes, do fim dos anos 1990, e alguns trechos são inéditos ao público.

A mostra temporária também tem a partida final de 1958, entre Brasil e Suécia, exibida no antigo túnel de acesso ao gramado do Estádio do Pacaembu. O filme é uma montagem de vários trechos recolhidos por diferentes TVs europeias que transmitiram o torneio, mixados com trechos de locuções de rádio no Brasil. A montagem foi um trabalho de garimpo feito por Carlos Augusto Marconi, apaixonado pela seleção brasileira.

O visitante ainda pode interagir com uma cena da Copa de 1958 e se inserir virtualmente na torcida que comemorou um dos gols de Pelé na decisão. E a exposição, montada no térreo do Museu do Futebol, também tem intervenções em outras salas, como a exibição de uma camisa usada pelo meio-campista Moacir naquela Copa e faixas na área externa do Pacaembu com todos os 22 convocados e membros da comissão técnica.

SERVIÇO: “Lusa – passado, presente e futuro”

Data: 18 de agosto de 2018 (sábado)
Horário: 09h
Local: Auditório do Museu do Futebol
Entrada: gratuita
Museu do Futebol: Praça Charles Miller, S/N São Paulo, SP
Funcionamento: Terça a domingo, 9h às 18h (bilheteria até as 17h)
Ingressos: R$ 12 | Meia-entrada: R$ 6 | Entrada gratuita às terças-feiras.

Informações

O Museu normalmente não abre às segundas-feiras.

Horários diferenciados de funcionamento em dias de jogos no Estádio do Pacaembu.

Estacionamento na Praça Charles Miller, sendo necessário uso de Zona Azul Digital, que pode ser adquirido por meio de aplicativos para celulares ou em postos oficiais. Mais informações no site da Companhia de Engenharia de Tráfego – CET

Sobre o Museu do Futebol

Inaugurado em setembro de 2008, o Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados que fica embaixo das arquibancadas do Estádio Paulo Machado de Carvalho, conhecido como Pacaembu. Trata-se de um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil acaba se confundindo com a própria história do país.

A exposição de longa duração do equipamento está espalhada por 15 salas, com 1.500 imagens e cinco horas de vídeos. O percurso está alicerçado em três eixos (emoção, história e diversão).

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 15 + 6 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Diretor Responsável:
ARNALDO NOLASCO

Endereço:
Rua Carneiro Leão, 290
Sala 21| Bloco 01
CEP: 03040-000 | São Paulo - SP | Brasil
Tel/Fax: (11) 3272-8186

Copyright © 2018 Gazeta da Mooca, um jornal a serviço da comunidade.

Topo