Esportes

Taça das Favelas de São Paulo chega a segunda edição com 128 equipes

Laio Rocha

Competição, que agora faz parte do calendário oficial da cidade de São Paulo, começa no dia 28 de março com a participação de mais de 2.800 atletas dos times masculino e feminino.

Com a presença do pentacampeão da Seleção Brasileira, ex-jogador Cafú, a Taça das Favelas anunciou a edição para a temporada de 2020 com o auditório lotado do Estádio do Pacaembu, nesta segunda-feira (2).

Em sua 2ª edição da competição no Estado de São Paulo, o campeonato inicia no dia 28 de março. Serão 128 equipes, sendo 96 masculinas e 32 femininas. Mais de 2.800 jogadores e jogadores de favelas da capital paulista vão participar.

Os jogos da fase de grupos até a semifinal acontecerão no Centro Esportivo da Vila Manchester, no Carrão, Zona Leste de São Paulo. A final está marcada para o dia 6 de junho, no Estádio do Pacaembu para um público de mais de 37 mil pessoas no dia dos jogos da decisão das equipes feminina e masculina.

Com o sucesso em 2019, a Taça das Favelas passou a fazer parte do calendário oficial da cidade de São Paulo. Nesta edição, o campeonato terá ao total de 190 jogos. No ano passado, 96 favelas participaram da competição.

Além do crescimento da competição em São Paulo, outra novidade para 2020 é a música oficial da Taça das Favelas, feitas por MC Menor MR e Raí BG. Raí, inclusive, que já participou da competição como atleta do Complexo do Rio da Prata, no Rio de Janeiro. Veja o clipe abaixo:

Veja o cronograma da Taça das Favelas:

  • 2 a 15 de março: inscrições;
  • 14 a 15 de março: peneiras nas favelas;
  • 20 de março: congresso técnico e sorteio das chaves;
  • 28 de março a 16 de maio: jogos da primeira fase, disputados no Centro Esportivo Vila Manchester;
  • 23 de maio: semifinal (mesmo lugar);
  • 6 de junho: final, disputada no Pacaembu.

Histórico

A Taça das Favelas começou no Rio de Janeiro, em 2012, organizada pela Central Única das Favelas. Atualmente, mais de 100 mil jovens participam, desde as peneiras iniciais nas comunidades até a final nos Estados onde a competição é realizada.

É o maior torneio entre favelas do mundo e, além de promover a inclusão e
integração social, também revela jovens talentos para o futebol. O mais recente é Patrick de Paula, jogador profissional do Palmeiras que foi descoberto na Taça das Favelas do Rio de Janeiro.

Após a 1ª edição do torneio em São Paulo, em 2019, cerca de dez jovens foram chamados para testes em equipes profissionais.
Informações sobre as equipes participantes e o regulamento estão no site
www.tacadasfavelas.com.br.

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 15 + 6 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Diretor Responsável:
ARNALDO NOLASCO

Jornalista Responsável:
GABRIELA NOLASCO

Endereço:
Rua Carneiro Leão, 290
Sala 21| Bloco 01
CEP: 03040-000 | São Paulo - SP | Brasil
Tel/Fax/Whatsapp: (11) 3272-8186

Copyright © 2020 Gazeta da Mooca, há 25 anos trabalhando a serviço da comunidade.

Topo