Página Inicial

Uma trajetória de trabalho e superação

Andre Negão

A história de vida de André Negão mostra que com fé, trabalho e determinação qualquer sonho pode se tornar possível.

André Luiz de Oliveira ou André Negão como é mais conhecido, nasceu no dia 22 de maio de 1960, no bairro da Vila Maria, zona norte de São Paulo. Filho de um lavador de carros e uma empregada doméstica, André lembra dos dias difíceis da infância passados na Praça da Alegria junto com seus outros 4 irmãos, um período em que, apesar de todo o trabalho e esforço dos seus pais, a comida e a água eram conseguidos com muita dificuldade, fosse na xepa das feiras livres ou com a ajuda de vizinhos.

Desse período, André e seus irmãos tiraram forças para trabalhar e manter acesa a esperança de um dia aquela realidade iria mudar. O primeiro emprego formal de André Negão foi como office boy na Rua Sete Abril. Em 1976, ele podia ser visto na hora do almoço, jogando com outros office- boys na Praça D. José Gaspar. Os jogos atraiam dezenas de pessoas, surgindo a ideia de realizar um torneio que ficou conhecido como “Futeboys”. Como já tinha 16 anos e as regras do torneio eram para garotos de 14 anos, André tornou-se técnico do time “Partime” formado por garotos que ele trouxe da Vila Maria e que acabou sendo campeão torneio com a narração de ninguém menos que o  radialista Osmar Santos.

Esse foi o pontapé inicial de uma carreira focada na área esportiva. Foram 20 anos atuando como funcionário da Secretaria Municipal de Esportes trabalhando com as crianças no futebol amador. Na época em que André Negão se tornou gestor do Clube ThomazMazzoni na Vila Maria, conheceu Andrés Sanchez, que impressionado com o seu  trabalho ali, o convidou para ser diretor administrativo no Corinthians. E André Negão não decepcionou. Seu trabalho na administração o levou ao cargo de Vice Presidente da instituição.

Nem tudo foi fácil nessa trajetória. Uma vez superadas as dificuldades na infância, André Negão viveria um novo drama em sua vida pessoal. Por anos, trabalhou duro para ver seu filho, André Vinícius, se tornar um jogador profissional. No dia em se realizou o sonho de vê-lo brilhando na seleção brasileira Sub 20 sofreu um duro golpe. Neste dia, André Vinícius sofreu uma ruptura no joelho que o afastou do gramado por vários meses. Quando tudo parecia estar superado, André Vinícius sofreu uma segunda lesão, no mesmo joelho. Acostumados a lidar com as adversidades, pai, filho e toda a família se uniu e o resultado foi a recuperação plena de André Vinícius.

A história de vida de André Negão mostra que com fé, trabalho e determinação qualquer sonho pode se tornar possível. E que, uma vez realizado, esse sonho pode se transformar em alegria e transformar a vida de outras pessoas.

Mesmo nos momentos mais difíceis, André Negão achou espaço para valorizar a cultura afro, sendo um dos fundadores e diretor do Bloco da Alegria e Presidente da Escola de Samba Unidos de Vila Maria, hoje uma das grandes agremiações do carnaval paulistano.

Atualmente, dentro das suas atribuições de diretor do Corinthians continua contribuindo ativamente com as questões sociais, culturais e raciais em todos os bairros de São Paulo, usando o esporte como ferramenta para trabalhar com a inclusão social de crianças e adolescentes.

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 8 + 9 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Topo