Cultura e Lazer

A Banheira

O que pode acontecer quando um respeitável pai de família, por puro fetiche, leva para casa uma amante absolutamente inusitada? Ou quando, pior ainda, um ladrão aparece na hora errada e a ambos prende no banheiro da residência? E se, para completar a confusão, no desenrolar da história descobre-se que a amante é nada menos do que uma parente bastante próxima da mulher traída, um parente a quem ela sempre escondeu do marido justamente pelo inusitado do seu jeito de ser?

A Banheira apresenta imediata sintonia do público com a sua trama. A sua linguagem coloquial não apenas favorece o ingresso da magia do teatro em todas as classes sociais, mas também derruba qualquer preconceito de que a simplicidade não pode conviver com a qualidade. Com dinamismo e humor situacional, o texto é capaz de cativar todos os gostos e de colaborar de modo significativo para a inserção do universo teatral em nossa sociedade como um todo. Essa montagem agrega movimento e qualidade ao campo da comédia dramatúrgica nacional. Hilariante e cheia de suspense, a surpreendente e movimentada comédia apresenta uma sequência de cenas onde, quanto mais parece que tudo vai se resolver, mais tudo se complica.

O texto tem uma construção dramatúrgica dos grandes clássicos do Vaudeville e a encenação destaca esse gênero com uma marcação farsesca, muitas vezes coreografada e melodramática, dando brilho e extrema teatralidade ao espetáculo, fugindo do realismo e reforçando o trabalho dos atores.

Como bem disse o grande ator e diretor Elias Andreato, “a comédia é um jeito inteligente de ver o mundo”. Mais do que isso, satirizar a nossa própria história é, sem dúvida, o modo mais sadio e reconfortante de lidarmos com a complexidade de nossas contradições e com o desgaste de um cotidiano tantas vezes absurdo e desprovido de qualquer sentido.

Ficha Técnica:

 

  • Elenco: Ailton Guedes, Rodrigo Nascimento, Renata Bruel, Leonardo Devitto e Carol Hubner
  • Texto: Gugu Keller
  • Adaptação de direção: Gugu Keller
  • Cenário: Mira Andrade
  • Figurinos: Paula Sabbatini
  • Luz: Eduardo Moratori
  • Som: Fábio del Mazza
  • Design gráfico: Victor de Castro Garcia
  • Assistente de direção: Dani Mustafci
  • Produção executiva: Orlando Vieira
  • Produção e assessoria: Kall Rodrigues
  • Colaboração: Cynthia Azevedo
  • Direção de produção: Val Keller
  • Realização: Marias Produções

 

TEATRO FERNANDO TORRES(685 lugares)

  • Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé
  • Informações: (11) 2227.1025
  • Ingressos a venda na bilheteria ou pela Ingresso Rápido
  • Bilheteria: de terça a quinta, das 14h às 20h; sextas, sábados e domingos das 14h até o início do espetáculo.| Estacionamento: R$ 20,00 (preço único)
  • Não aceita cheques / Aceita os cartões de débito e crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Clube Folha 50% desconto

Sexta às 21h30 | Sábado às 21h | Domingo às 19h

Ingressos:

R$ 60,00 (Inteira) e R$ 30,00(meia)

Duração: 75 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

 

Temporada: até 1º de maio

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 12 + 13 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top