Comunidade

Abandono de passarela traz perigo e transtornos aos pedestres da Mooca

Gabriela Nolasco/ Gazeta da Mooca

A centenária passarela que liga as “Moocas” Alta e Baixa, acima da linha de trens da CPTM, está em situação de abandono. Os moradores mais antigos do bairro lembram-se de que nos anos 70, existia uma cancela na linha do trem, e depois construíram um muro que ficou conhecido como o muro da vergonha.

A passarela ainda hoje é passagem obrigatória para os milhares pedestres que se atrevem a atravessá-la. Hoje, o acúmulo de lixo começa nos primeiros degraus e o mato cobre a passagem.

Os ferros das grades estão se deteriorando com a ferrugem, a estrutura danificada do piso pode ser constatada a olho nu, quem passa por lá sempre aperta o passo, primeiro, porque tem medo de que ocorra um desabamento, e segundo para fugir do odor insuportável de urina e fezes de moradores de rua e usuários de drogas que fazem suas necessidades fisiológicas ali.

Há ainda os assaltos que acontecem ali diariamente, e mesmo assim alguns heróis se atrevem a atravessar por ali. Nos anos 90 foi construído o viaduto Júlio de Mesquita, mas para o pedestre ir até lá é complicado, pois a distância é muito longa e o acesso, muito estreito.

A comunidade reivindica ações de zeladoria, segurança e a implementação de iluminação no local.

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 15 + 7 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Topo