Avisos

‘Prima’ da dengue se alastra em 2 meses

Menos de dois meses após a confirmação dos primeiros casos autóctones (de transmissão local) da febre chikungunya, a “prima” da dengue está se espalhando rapidamente pelo país, com epidemias na Bahia e no Amapá e casos em outros 11 Estados e no Distrito Federal.
Segundo o Ministério da Saúde, 828 pessoas foram infectadas até 25 de outubro. O vírus chikungunya é transmitido pelos mesmos mosquitos da dengue (Aedes aegypti e Aedes albopictus). Os sintomas da doença também são parecidos, como febre, mal-estar e dores e manchas vermelhas, mas o chikungunya pode causar dores mais fortes (e de maior duração) nas articulações.
A Bahia concentra 458 confirmações. Feira de Santana é o epicentro, com 371.
O secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Jarbas Barbosa, prevê um verão “preocupante”, com casos de dengue e chikungunya ao mesmo tempo. Neste ano, todas as campanhas e ações preventivas do Ministério da Saúde contra a dengue vão incluir também a febre chikungunya. “O nome é diferente, mas a maneira de prevenir é a mesma: eliminar os criadouros do mosquito, não deixar água parada”, diz Barbosa.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 3 + 14 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top