Notícias

Produtos do dia a dia que desregulam seus hormônios

Você pode nunca ter ouvido falar em desreguladores endócrinos, mas com certeza já esteve diante de alguns deles. A ciência está descobrindo que produtos do nosso cotidiano, como esmaltes, televisão e até água encanada, escondem substâncias capazes de alterar o funcionamento do nosso corpo. Hoje, há suspeitas sobre mais de 800 misturas químicas. Os efeitos dos tais desreguladores podem demorar décadas para aparecer. E existem situações em que o problema só dá as caras nas gerações futuras.
Foi o que aconteceu com o dietilestilbestrol, remédio prescrito entre os anos 1940 e 1970 para gestantes. Anos depois, as filhas das mulheres que o utilizaram desenvolveram câncer e infertilidade. Só após 30 anos de uso e muitas vidas afetadas, sua venda foi proibida. Mas é provável que a ameaça não se restrinja aos fármacos. Que o ar que respiramos e a comida que engolimos também estejam “contaminados”.
Uma pesquisa da entidade Environmental Working Group, especializada em saúde ambiental, apontou os alguns disruptores atuais mais perigosos:
PBDE: Composto químico que evita que os equipamentos peguem fogo. É encontrado em eletrônicos, como celular, televisão e videogame, móveis, carpetes, colchões e alguns travesseiros. Podem causar distúrbios na tireoide, infertilidade feminina e problemas neurológicos em crianças.
CHUMBO: O elemento químico encontrado em tintas, cigarro e água encanada pode estar por trás de distúrbios na tireoide.
BISFENOL A: A substância é encontrada em alguns tipos de plásticos e revestimento de enlatados. O contato com ela está relacionado à produção de espermatozoides defeituosos, puberdade precoce, câncer, obesidade, diabete e doenças cardiovasculares.
ARSÊNICO: O elemento químico está presente em pesticidas, alguns alimentos e água encanada. O excesso pode causar câncer de pele, bexiga, pulmões e alterações sexuais.
MERCÚRIO: Presente em alguns peixes, frutos do mar e usinas de energia movidas a carvão, o metal está relacionado à redução do QI de crianças, problemas no ciclo menstrual e alterações no pâncreas.
FTALATO: Esse grupo de compostos químicos pode ser encontrado em cosméticos, como esmaltes e perfumes, na pavimentação de ruas, cortinas de chuveiros, couro sintético e vinil. Pode causar anormalidades genitais, interferência em hormônios como testosterona e estrogênio e no desenvolvimento das mamas.
QUÍMICOS PERFLUORADOS: Presentes em panelas antiaderentes, roupas, carpetes e capas de chuva podem causar distúrbios na tireoide e infertilidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 5 + 6 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top