Comunidade

Rede Hebe Camargo amplia o atendimento ao câncer em São Paulo

A Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer foi criada em março de 2013 pelo Governo do Estado, com investimento de R$ 190 milhões. O objetivo do programa é aumentar e regionalizar o atendimento para o tratamento do câncer no Estado, garantindo acesso rápido e de qualidade aos pacientes.
Com uma rede de 71 unidades integradas e uma única regulação, a Rede Hebe Camargo beneficia mais de 12 mil novos pacientes por mês. Ainda na sua implantação, a rede foi responsável por hospitais receberem os mesmos protocolos de atendimento, unificando e padronizando ainda mais o tratamento.

 
Das 71 instituições (estaduais, municipais e filantrópicas) que fazem parte do programa, 13 receberão ampliações e adequações em seus serviços. As outras 58 estão funcionando dentro dos padrões e serão qualificadas pela Rede, recebendo os mesmos protocolos de atendimento ao paciente com câncer, oferecidos pelo Icesp.
A Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer está sendo implantada em três etapas, primeira a adequação estrutural dos serviços, seguida pela qualificação das unidades participantes e expansão da Central de Regulação.
O programa também contará com o projeto Caminhos na Rede, que possui atendimento humanizado para todos os pacientes com câncer, promovendo o acolhimento e a ética no cuidado em todos os níveis de atendimento, deslocamento e tratamento.

NOVAS UNIDADES DE  COMBATE AO CÂNCER
Outros 13 hospitais do Estado estão sendo ampliados e adequados em suas áreas oncológicas. Do total de unidades que passarão pela reformulação, três deles têm previsão de inauguração dos novos serviços no primeiro semestre desse ano.
O Hospital Estadual Heliópolis, que recebeu investimentos de R$ 60,5 milhões, teve sua alas de radioterapia e quimioterapia ampliadas e reformadas, além da aquisição de novos equipamentos.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 5 + 10 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top