Comunidade

Tecnologia ajudará a prevenir alagamentos na região

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Serviços, começou a instalar (em caráter de teste) 110 sensores em bocas de lobo na cidade, para ajudar na identificação de acúmulo de sujeira. A região da Subprefeitura Mooca receberá cerca de 30% desses equipamentos. Alguns pontos com incidência de alagamento, como o cruzamento da Rua Bresser com a Av. Alcântara Machado, já receberam a novidade.

Antes, a escala de limpeza era enviada diariamente para as equipes operacionais, que se direcionavam ao local e efetuavam o serviço, independentemente da quantidade de resíduos presentes na boca. Com a instalação dos sensores, em vez de a equipe se deslocar com base na programação, a execução dos serviços passará a ser realizada com os alertas recebidos. Por meio de um programa instalado na Central de Controle Operacional da Gestão de Serviços Mecanizados localizado na garagem da empresa INOVA, é possível verificar em tempo real a situação de cada bueiro no que diz respeito à capacidade de volume. Quando atinge 50% da capacidade, o sensor envia um alerta de limpeza para a Central de Controle e a equipe mais próxima é redirecionada para o local de maneira rápida e eficiente.

Dentre os benefícios com essa tecnologia, além de minimizar maiores transtornos aos munícipes, podemos considerar o correto direcionamento das equipes, já que a limpeza só será realizada quando efetivamente se fizer necessária, gerando mobilidade e melhorias operacionais. O sistema já está sendo configurado e a instalação começou no dia 13 de janeiro. A previsão é que os pontos recebam os sensores nos próximos 30 dias.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 5 + 9 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top