Comunidade

Educação Financeira pode entrar para currículo escolar da Rede Municipal

Crianças estudando finanças

De autoria do vereador Jair Tatto, o PL (Projeto de Lei) 153/2017 pretende dar autonomia aos alunos da Rede Municipal de Ensino para a gestão de recursos financeiros. Para tanto, o PL torna obrigatória a inclusão da Educação Financeira no currículo do Ensino Médio das escolas municipais da capital paulista.

Segundo a justificativa do Projeto, as aulas serão presenciais e deverão incluir temas como legislação fiscal e tributária, direitos e deveres do contribuinte, declaração de Imposto de Renda, questões contábeis para micro e pequenos empreendedores, entre outros tópicos.

A proposta prevê que a disciplina de educação financeira seja ministrada obrigatoriamente por um profissional de contabilidade inscrito no Conselho Regional paulista da categoria, ou técnicos em contabilidade, desde que tenham mais de dois anos de inscrição ativa no Conselho e prática profissional comprovada na função.

Hoje o jovem assume um protagonismo cada vez maior na sociedade brasileira, daí o interesse de prepará-lo adequadamente para a gestão financeira e conscientizá-lo da relevância do tema na fase adulta da sua vida. O projeto ressalta ainda a pertinência de ampliar o mercado de trabalho para os profissionais de contabilidade no município.

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 5 + 10 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Diretor Responsável:
ARNALDO NOLASCO

Endereço:
Rua Carneiro Leão, 290
Sala 21| Bloco 01
CEP: 03040-000 | São Paulo - SP | Brasil
Tel/Fax: (11) 3272-8186

Copyright © 2019 Gazeta da Mooca, um jornal a serviço da comunidade.

Topo