Página Inicial

Os riscos do salto alto para a sua saúde

Sapato alto é sinônimo de elegância, sensualidade e glamour. Mas quando o salto aperta e a dor chega, o ícone de beleza perde todo o charme e pode prejudicar seriamente a saúde.
Segundo o ortopedista Fabiano Nunes Faria, o uso do salto alto altera o centro de gravidade do corpo expondo as mulheres a vários riscos, como inflamações nos músculos da panturrilha, lesões, deformidades nos pés e tornozelos, além de uma hiperlordose lombar, deixando o bumbum mais arrebitado, sobrecarregando a coluna e causando muita dor.
O uso excessivo do salto alto também pode acarretar joanete, tendinite, metatarsalgia (dor nos dedos e na face plantar), fascite plantar (dor no calcanhar), entorse de tornozelo e sesamoidite (inflamação dos dois ossos localizados abaixo do dedão do pé).
O especialista aconselha o uso de saltos com até três centímetros de altura para os dias normais e deixar os maiores para as ocasiões especiais. Outra dica é variar a altura entre os sapatos todos os dias, para que os pés e o corpo não se adaptem a mesma posição, evitando o encurtamento da panturrilha.

Confira os saltos que trazem mais problemas para a saúde:

AGULHA: Causa desequilíbrio com o aumento da pressão na parte anterior e menor peso no calcanhar e, em alguns casos, os dedos ficam desconfortáveis.

BICO FINO: Área de contato maior que o salto agulha, porém ainda existem muitos casos de entorse com este tipo de salto. Apresenta tendência em deformidades no antepé, dentre elas as mais comum estão o joanete e a Neuroma de Morton, que pode trazer dificuldade ao caminhar.

PLATAFORMA: A pressão que é produzida pelo corpo nos pés é bem distribuída, porém tem risco de entorse grave.

ANABELA: Distribui bem a pressão do corpo sobre a planta dos pés, mas pode causar desconforto.

QUADRADO: Deixa o calcanhar bem apoiado dando maior conforto para os pés quando calçados por ele.

Qual o calçado ideal
para quem…

TRABALHA MUITO TEMPO EM PÉ: O mais indicado é o calçado com salto de, no máximo, três a quatro centímetros, para que não haja sobrecarga na coluna ou contratura musculares na panturrilha. Atenção para os calçados muito fechados e de bico fino, que podem favorecer o aparecimento de calos e machucados.

TRABALHA MUITO TEMPO SENTADO: O ideal é usar sapatos leves e confortáveis. Nesta posição, a pessoa pode ficar um pouco mais à vontade com a escolha do calçado, já que não existe tanta pressão nos pés.

TRABALHA MUITO TEMPO ANDANDO: Neste caso é usar sapatos mais baixos com palmilhas confortáveis.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 7 + 3 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top