Notícias

Prefeitura inaugura oficialmente passarela que dá acesso ao aeroporto de Congonhas

HELOISA BALLARINI/SECOM

Nova estrutura, necessária há 18 anos, e praça de acesso foram viabilizadas por meio de parceria com empresas da iniciativa privada

A Prefeitura inaugurou no dia 19 de janeiro a passarela para os pedestres chegarem ao aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, e uma praça em um dos acessos da nova estrutura (lado direito, sentido bairro). A iniciativa realizada por meio de parceria com a Associação dos Amigos da Passarela (Aspa), que lutou 18 anos por essa nova passarela, a Praias Construtora e um grupo de empresas parceiras, visa beneficiar os pedestres que circulam pela região, proporcionando segurança e comodidade. Tanto a passarela quanto a praça têm o nome do fundador e ex-proprietário da empresa aérea TAM (hoje LATAM), Rolim Amaro.

“Entregamos hoje para a cidade uma estrutura nova, acessível e que oferece toda a segurança para os pedestres. Com a parceria entre a Prefeitura e as empresas amigas da cidade foi possível atender a população e requalificar a área. Graças à utilização de técnicas inovadoras, a obra não causou impactos no trânsito da região.”, afirma Marcos Penido, secretário Municipal de Serviços e Obras.

A nova passarela já está aberta para a circulação de pedestres desde o dia 26 de dezembro de 2017, medida necessária para que a estrutura provisória, montada em 2015, pudesse ser retirada definitivamente e a praça, finalizada. Parte da base dessa passarela provisória ocupava o terreno onde agora foi construída a praça.

“Ver um projeto como este concluído em poucos meses, depois de décadas de indefinições, é motivo de grande satisfação. Desde 1999, estamos batalhando com a proposta de tornar a passarela acessível a todos, com segurança e conforto. Sentimos, portanto, muito orgulho em ter participado do resgate de um pedaço da história da nossa cidade, que fará muita diferença na vida de quem trabalha e circula na região. Esperamos que nossa perseverança sirva de exemplo para todo cidadão que gosta de São Paulo e deseja o melhor para esta metrópole”, analisa o presidente da ASPA, Carlos Alberto Camargo.

Foto: Heloisa Ballarini/Secom

A praça, com 262 metros quadrados, será um novo local de lazer nas imediações do aeroporto de Congonhas. Conta com mobiliário urbano personalizado em madeira, espreguiçadeiras, bancos, vegetação, banheiro acessível, paraciclo, iluminação e piso de ladrilho hidráulico. Há ainda espaço reservado para até dois foodtrucks e um ponto fixo de comércio. Esse módulo de comércio terá telhado verde para melhor isolamento térmico e foi desenvolvido em CLT (Cross Laminated Timber), sendo transportado ao local já pronto para uso, seguindo o mesmo conceito usado na montagem da passarela. Pensando na segurança dos pedestres foram instaladas, na passarela e na praça, 14 câmeras de vigilância integrantes no projeto City Câmeras que monitoram o local 24 horas por dia.

Quarenta e quatro anos após sua concepção pelo arquiteto brasileiro Vilanova Artigas (1915-1985) a passarela Rolim Amaro passou por uma completa revitalização. O projeto idealizado por seu neto, o arquiteto Marco Artigas (Estúdio Artigas), e pela arquiteta Helena Camargo (H2C Arquitetura), buscou resgatar a essência da antiga estrutura. A escada helicoidal no centro da passarela, por exemplo, teve toda sua estrutura de concreto restaurada e recuperada. Os trabalhos de revitalização começaram em junho de 2017 e as empresas parceiras investiram R$ 6,7 milhões para devolver a São Paulo a passarela por onde circulam cerca de 5 mil pessoas/dia.

“É uma honra para a Iguatemi contribuir com a construção da nova passarela de Congonhas, uma obra que certamente resgata a qualidade dos equipamentos públicos que os paulistanos esperam ver na sua cidade, e que irá beneficiar milhões de pessoas que utilizam o aeroporto”, afirma Carlos Jereissati Filho, presidente da Iguatemi Empresa de Shopping Centers.
Acessibilidade e melhorias

A nova passarela é totalmente adaptada às normas de acessibilidade vigentes, conta com dois elevadores que possibilitarão o acesso de pessoas com necessidades especiais, iluminação e cobertura em todo o percurso, rampas de acesso nas calçadas, instalação de corrimãos e guarda-corpos em duas alturas, faixa de sinalização visual fotoluminescente nos degraus das escadas, sinalização em braile e piso tátil direcional e de alerta, além de sinalizações e placas direcionais. O projeto de revitalização da passarela possibilitou ainda o aumento da altura entre a Avenida Washington Luís e a base da passarela.
A passarela é composta por um conjunto de peças metálicas, que pesam 53 toneladas e que juntas totalizam 75 metros de comprimento, ligando os dois lados da Avenida Washington Luís. Em novembro de 2017, para o içamento das estruturas foi usado um guindaste com capacidade para erguer até 100 toneladas. No mesmo mês também foram içadas as duas estruturas dos novos elevadores que darão acesso à passarela. A estrutura original da passarela, inaugurada em 1974, também foi revolucionária para sua época, utilizando pilares de concreto fabricados in loco. Empresas que participam do projeto:

• Associação dos Amigos da Passarela (ASPA)
• Iguatemi Empresa de Shopping Centers
• Accor Hotels
• Hotel Ibis Congonhas
• Latam
• Gol Linhas Aéreas
• Atlas Schindler
• R.Yazbek/Rofer
• Praias Construtora

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 15 + 14 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Diretor Responsável:
ARNALDO NOLASCO

Endereço:
Rua Carneiro Leão, 290
2º andar | bloco 01
São Paulo - SP | CEP: 03040-000
Tel/Fax: (11) 3272-8186

Copyright © 2018 Gazeta da Mooca, um jornal a serviço da comunidade.

Topo