Avisos

Sabesp reduz tempo de reparo de vazamentos em São Paulo

O volume de água do Sistema Cantareira, em São Paulo, voltou a cair nesta terça-feira (25), segundo a Sabesp, que registrou mais uma vez o índice mais baixo da história do sistema.
De acordo com a empresa, o sistema opera com apenas 14,3% de sua capacidade – nível considerado crítico e que já provocou reações do governo estadual, que já utiliza os sistemas Alto Tietê e Ipiranga para atender 3 milhões de pessoas que estavam recebendo água do Cantareira. A ideia é que uma maior queda no nível da água seja prevenida e não haja racionamento nas cidades.
Assim, a Sabesp, diminuiu o tempo de reparos a vazamentos de 48 horas para um período entre 26 a 30 horas.
Chamada de “caça-vazamentos”, a estratégia de reparos tem como base as denúncias feitas pelo telefone 195. A redução no tempo de reparo é de 37,5% se consideradas 30 horas para o conserto.
A Companhia possui mais de 67 mil quilômetros de tubulações para a distribuição de água. Em 2009, o Programa de Redução de Perdas foi criado com o objetivo de reduzir os índices de perda de 25,7% para 19% até o final da década.
Para solicitar algum serviço ou fazer alguma denúncia, o consumidor pode entrar em contato com a Sabesp pelo site da Companhia ou pelos telefones 195, 0800 011 9911 para São Paulo e Região Metropolitana e 0800 055 0195 para Interior e Litoral.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 3 + 7 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top