Nacional

Alckmin reduz gastos administrativos da Vice-Presidência em 75%

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) reduziu 75,34% das despesas administrativas da Vice-Presidência em relação ao ano passado. Na comparação com a média da gestão anterior (2019-2022) a redução foi de 64,12%. As informações foram divulgadas hoje em levantamento da Folha de São Paulo.
De acordo com dados do gabinete do vice-presidente, em 2023, os gastos com energia elétrica e fornecimento de água e esgoto ao Palácio do Jaburu diminuíram em 20,83% e 15,90%, respectivamente. O Palácio do Jaburu é a residência oficial de Alckmin.
Outras despesas que diminuíram foram as relacionadas às diárias de servidores, reduzidas em 84,58%, e passagens aéreas, que foram reduzidas em 75,22% em relação a 2022.
Além disso, o corte de gastos também ocorreu por enxugamento em 37,2% do quadro de pessoal (servidores civis e militares), que atende o anexo 2 do Palácio do Planalto, onde está instalada a vice-presidência, e o Palácio do Jaburu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 9 + 11 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top