Esportes

Com try no último lance, Seleção Brasileira de Rugby vence Canadá

Pacaembu recebeu dois times com motivações diferentes em busca da vitória

Na última sexta-feira (3), o Brasil ganhou da seleção canadense, a qual não tinha um retrospecto positivo, já que os Cannucks (apelido do combinado da América do Norte) venceram a única partida até então. O jogo, desta vez, valia a quarta colocação do Americas Rugby Championship.

Os Tupis (como os jogadores brasileiros são chamados pela torcida) fizeram valer a presença dos torcedores, demonstrando intensidade desde o início, a ponto de marcar os primeiros pontos da partida, com o fullback Daniel Sancery e conversão de dois pontos do centro Moisés Duque. Os adversários devolveram na mesma moeda, com um try (quando o jogador chega no final do campo e coloca a bola no chão, ganha cinco pontos) do centro Nick Blevins e conversão do scrum-half e capitão Gordon McRorie.

Os canadenses ainda anotaram outro try e conversão no primeiro tempo, enquanto a equipe brasileira pontuou com uma penalidade (chute no qual a bola deve passar entre os postes, equivalente a três pontos), outro try e conversão, terminando a primeira metade do jogo com a vantagem de 17 a 14.

O segundo tempo dos times foi forte, com alguns jogadores sentindo o ritmo e a chuva presente. Os Cannucks abriram vantagem com três penalidades convertidas, mas, faltando menos de dois minutos para o fim do jogo, Lucas Tranquez, conhecido como Zé, arrancou com a bola e conseguiu marcar o try decisivo para a virada, confirmada com a conversão de Duque. Placar de 24 a 23 para o Brasil.

Com o triunfo, os brasileiros festejaram o resultado, que ratificou a melhor campanha da equipe na história da competição e a possibilidade de subir no ranking mundial. Em entrevista, o jogador Chabal, emocionado, reforçou que a aplicação do sistema de jogo foi fundamental para a conquista: “Nós tivemos inteligência para colocar em campo tudo que treinamos e a melhoria se refletiu hoje”, confirmou o pilar.

Fernando Portugal, que auxiliou o técnico da seleção, o argentino Rodolfo Ambrosio, destacou o apoio geral para a evolução do time: “Os resultados são a soma de todo um trabalho da equipe, torcedores e patrocinadores, que apostam no nosso potencial e motivam a gente cada vez mais”, enfatizou.

A seleção terá um intervalo para descanso até o torneio classificatório para a próxima Copa do Mundo da modalidade, a ser disputada no Japão, em 2019.

Texto: Jackson Quirino

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 5 + 13 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top