Variedades

Ibirapuera completa 64 anos e é palco de eventos sustentáveis em agosto

Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

O cartão postal de São Paulo recebe diversas atividades culturais, artísticas e socioambientais para comemorar seus 64 anos de vida.

Dia 21 de agosto é oficialmente o aniversário do Ibirapuera, mas o espaço conta com atrações até o final do mês. Os eventos são promovidos pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) e, entre as principais atrações, é possível destacar o “Conversa com” que, por meio da UMAPAZ (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz), convida especialistas para um bate-papo sobre o parque; além da Virada Sustentável, realizada pelo Instituto Virada Sustentável, onde a Prefeitura de São Paulo é apoiadora, que conta com a presença da cantora Elza Soares, do escritor Erick Mafra e do músico Chico Salem.

Há também atividades da programação habitual do Parque Ibirapuera como a exposição “Sertão Expandido” do Museu Afro Brasil com cerca de dez trabalhos inéditos do artista Kboco; e as sessões Cidadãs Espacial “Exploração Espacial?” no Planetário Aristóteles Orsini.

Confira a programação dos destaques:

Sergio De Simone e Regina de Sá

Cassia Mariano

Patrícia O’Reilly

Virada Sustentável

Elza Soares convida As Bahias e a Cozinha Mineira

  • 25/08 (sábado)
  • 18h às 19h
  • Palco do Auditório do Parque Ibirapuera

Live Painting | Asas do Coração

  • Com Erick Mafra
  • 25/08 (sábado)
  • 10h às 16h
  • Serraria – Área Pic-nic

Chico Salem | Maior ou Igual a Dois

  • 26/08 (domingo)
  • 11h
  • Palco do Auditório do Parque Ibirapuera

Museu Afro Brasil

Sertão Expandido

  • Até 29/08
  • O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até às 18hs.
  • Entrada Inteira: R$ 6,00 – Meia Entrada: R$ 3,00 – Grátis aos sábados.

Planetário Aristóteles Orsini

Sessão Cidadã Espacial “Exploração Espacial?”

  • 25/08 (sábado)
  • 17h

Programação completa aqui: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/noticias/?p=262107  

Breve história do Ibirapuera

O projeto foi concebido pelos arquitetos Oscar Niemeyer, Ulhôa Cavalcanti, Zenon Lotufo, Eduardo Kneese de Mello, Ícaro de Castro Mello, além do paisagista Augusto Teixeira Mendes, ocuparia uma região bastante alagada – aliás, o nome do bairro, em tupi, significa pau podre, ou árvore apodrecida. Mas a ideia era muito mais antiga.

Já em 1890, quando o governo federal deu as terras ao município, a área ficou bom tempo apenas como brejo – porque era só o que havia ali. As terras só foram reconhecidas como território municipal em 1916, quando o prefeito Washington Luís loteou o entorno para valorizar seu entorno, fazendo nascer o bairro do Jardim Lusitânia. O prefeito José Pires do Rio viu ali a necessidade de substituir o brejo por um parque, objetivando a “higiene da comunidade”.

Foi assim que boa parte das terras foi incorporada ao projeto, culminando com uma troca de terrenos em 1927 que praticamente criou o parque. A instalação do viveiro de plantas e do plantio dos primeiros pinheiros, por volta de 1928, iniciou a reforma urbanística, principalmente de drenagem, para sua construção.

O Parque Ibirapuera, em seus 64 anos, recebe “paulistanos de todo o país” para as mais diversas atividades de lazer. As áreas gramadas, a vista para os dois lagos, a romântica ponte e seus equipamentos transformam o parque em um oásis de tranquilidade em meio a uma São Paulo sempre agitada.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quanto é 14 + 10 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top