Saúde

Justiça derruba patente de medicamento contra Hepatite C

Reprodução/Google

Liminar da Justiça Federal no Distrito Federal anulou a patente de um medicamento usado no tratamento da hepatite C. A medida foi tomada no último domingo (23), pelo juiz da 21ª Vara Federal Rolando Valcir Spanholo.

A decisão tira a exclusividade de produção do Sofosbuvir da Gilead Pharmasset, sob justificativa de que o Instituto Nacional de Propriedade Intelectuval não levou em conta o “interesse social e desenvolvimento tecnológico e econômico do país” ao conceder a patente.

O Sistema Único de Saúde (SUS) gasta quase R$ 1 bilhão ao ano com o medicamento patenteado. “Um país que está suportando os efeitos negativos de um déficit orçamentário anual de R$ 150 bilhões não pode ser dar ao luxo de continuar gastando quase R$ 1 bilhão apenas na aquisição de um único medicamento”, afirmou.

O magistrado afirma também que a concessão da patente contraria manifestação do Conselho Nacional de Saúde e poderia inviabilizar o cumprimento da meta assumida pelo Brasil de erradicar a doença até 2030.

Click para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 3 + 5 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

Diretor Responsável:
ARNALDO NOLASCO

Endereço:
Rua Carneiro Leão, 290
Sala 21| Bloco 01
CEP: 03040-000 | São Paulo - SP | Brasil
Tel/Fax: (11) 3272-8186

Copyright © 2018 Gazeta da Mooca, um jornal a serviço da comunidade.

Topo