Notícias

Privatização da Sabesp é aprovada na Alesp 

O projeto que prevê a privatização da Sabesp foi aprovado nesta quarta-feira (6) pelos deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) após uma sessão marcada por tumulto que culminou na suspensão da discussão. 

O texto recebeu 62 votos favoráveis e um contrário. Para ser aprovado, o PL precisava de maioria simples dos votos dos presentes. Os deputados da oposição abandonaram a sessão depois do confronto entre a Polícia Militar e manifestantes. 

A desestatização da Sabesp foi colocada como uma das prioridades do atual mandato do governo estadual que detém 50,3% das ações da empresa. Com a privatização, a participação estadual seria reduzida para um percentual entre 15% e 30%.

Para o governo, isso permitirá que o estado ainda mantenha poder de veto, ganhe espaço para criar um fundo para universalização do saneamento e siga adquirindo ações.  Já para a iniciativa privada, privatizar significa aumentar a base acionária e o patrimônio, além de ter controle indireto da companhia. 

OPOSIÇÃO  

Grupo contrários temem que a privatização da Sabesp prejudique a população mais vulnerável, pois a oferta de saneamento pode ficar condicionada a lucratividade. 

Durante as discussões da proposta na Alesp nesta semana, deputados da oposição argumentaram que não ficou claro a quantidade de ações que serão vendidas e nem qual o valor total da Sabesp.  

A proposta tem gerado protestos e até grupos de funcionários da própria Sabesp se manifestaram contrários.  

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quanto é 14 + 11 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para prosseguir, você precisa resolver a simples questão matemática acima (assim sabemos que você é um ser humano) :-)

Mais Lidos

To Top